segunda-feira, 19 de julho de 2010

Escuta aqui

Esse é um recado curto
E não espera retorno.
Nem é pra saber de você.
É pra falar de mim.
Pra lhe dizer que venha
Recolher meus cacos.
Foi só isso que restou
Depois que você bateu a porta.
O lugar é o de sempre.
Quem mudou fui eu.
Porque cansei de ser
Poesia qualquer
Assinada por você.

Um comentário: